Oposição volta às ruas contra Bolsonaro em Brasília e outras capitais

Oposição volta às ruas contra Bolsonaro em Brasília e outras capitais

Frases como “Fora, Bolsonaro”, “Vacina no braço” e “Comida no prato” são entoadas nos atos

Manifestantes voltaram às ruas neste sábado (24) em várias cidades para protestar contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), sobretudo na gestão da pandemia. Entre as reivindicações, estão o impeachment do presidente, mais celeridade no plano de vacinação e aumento do valor do auxílio emergencial, que hoje varia entre R$150 a R$375.

Em Brasília, as manifestações acontecem nesta tarde com integrantes de partidos da chamada esquerda, incluindo o PT, especialmente. Há críticas às suspeitas de corrupção envolvendo militares e integrantes do Centrão no Ministério da Saúde que são investigados na CPI da Covid.


Frases como “Fora, Bolsonaro”, gritos como “Vacina no braço” e “Comida no prato” são entoadas nos atos, que acontecem em meio a mudanças no governo e acusações de corrupção na compra de vacinas. Pela manhã, o presidente Bolsonaro fez um passeio de moto pelo Distrito Federal com integrantes do primeiro escalão do ministério. Na segunda-feira (26), o presidente deve alterar uma parte do seu ministério para acomodar o senador Ciro Nogueira (PP-PI) na chefia da Casa Civil.

Houve manifestação contra Bolsonaro também em capitais como Porto Alegre, Teresina, Maceió, Campinas, Recife, São Luís, São Paulo (onde foi queimada uma estátua de Borba Gato) e no Rio de Janeiro.