Governo distrital define hoje sistema do mutirão de vacinação

Governo distrital define hoje sistema do mutirão de vacinação

Os pontos de imunização serão ampliados para 100 e não haverá agendamento

A Secretaria da Saúde do Distrito Federal deverá divulgar nesta quinta-feira (22) os critérios para o mutirão de vacinação que será desencadeado a partir de sexta-feira e se prolongará no sábado e domingo. A imunização contra a Covid-19 vai alcançar as pessoas com mais de 37 anos.

Esta é a primeira vez que não haverá o agendamento para as pessoas com menos de 60 anos e há uma preocupação com a organização da vacinação. Anda não foi definido o sistema, como por exemplo a idade, o posto ou se os locais vão atender por sexo ou ainda pelas iniciais do nome.



Ontem à tarde, durante um entrevista para os jornalistas, os secretários Osnei Okumoto, e da Casa Civil, Gustavo Rocha, informaram que os pontos de vacinação passam de 54 para 100. É possível que em cada região administrativa tenha um ponto de drive thru, mas essa informação não foi confirmada.

Também ontem, a Secretaria da Saúde confirmou seis casos da variante delta, que é mais transmissível. Quatro dos casos foram localizados em Planaltina. E também negou que tenha aplicado alguma vacina com data vencida.

“Não aplicamos nenhuma vacina vencida no Distrito Federal. Todas as vezes que os imunizantes chegam à Rede de Frio, as equipes realizam a contagem e conferem as doses. No caso de alguma alteração, avisamos imediatamente ao Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde (INCQS) para realizar o parecer”, garantiu o subsecretário de Vigilância à Saúde, Divino Valero.