Bolsonaro confirma senador Ciro Nogueira na Casa Civil

Bolsonaro confirma senador Ciro Nogueira na Casa Civil

Nesta manhã, Arthur Lira negou pressão de Braga Netto sobre ameaça às eleições

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) confirmou hoje (22) que o senador Ciro Nogueira (PP-PI) irá assumir o ministério da Casa Civil. Também confirmou que irá recriar o Ministério do Trabalho com o nome de Ministério do Emprego e Previdência Social.

Os ajustes fazem parte de um amplo acordo político com o chamado Centrão, que atualmente garante a governabilidade no Congresso Nacional. Ciro é o presidente nacional do Progressista e convidou o presidente a ingressar na sigla, decisão que ainda não foi tomada. O parlamentar também é o mesmo que na campanha passada chamou Bolsonaro de fascista e que o melhor presidente da República foi Lula da Silva.



O dia político começou com a informação do jornal O Estado de São Paulo de que o ministro da Defesa, Braga Netto, condicionou a criação do voto impresso, caso contrário não haveria eleição no próximo ano. A ameaça teria sido dada ao presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL). Hoje cedo, Lira negou que tenha recebido esta ameaça, assim como o general da reserva Braga Netto.

Lira afirmou ao blog de Ana Flor, que vai se posicionar oficialmente, por meio de nota, sobre o assunto. Segundo o portal, ele chegou a dizer que a informação é uma “invenção”.

O recado foi dado no dia 8 de julho, na companhia de chefes militares do Exército, da Marinha e da Aeronáutica – como informa o jornal O Estado de S. Paulo. No mesmo dia, Bolsonaro repetiu a mensagem publicamente: “Ou fazemos eleições limpas no Brasil ou não temos eleições”.