Chuvas provocam mortes e a evacuação de milhares de pessoas

Chuvas provocam mortes e a evacuação de milhares de pessoas

Uma barragem teria sido destruída na cidade chinesa de Zhengzhou

Chuvas torrenciais estão atingindo a cidade chinesa de Zhengzhou desde terça-feira (20) e resultaram em uma inundação massiva, interrupções de energia e cortes de estradas. De acordo com relatos, a inundação deixou 12 mortes e destruiu uma barragem perto da cidade.

“Desde as 07h00 [as 20h00 da terça-feira (20), horário de Brasília] de 21 de julho, o desastre natural afetou 36 mil pessoas, cerca de 200 mil pessoas foram evacuadas com urgência”, disseram as autoridades, citadas pela revista Beijing Daily. O presidente da China, Xi Jinping, mandou hoje que seja reforçada a coordenação de departamentos governamentais e sejam tomadas todas as medidas necessárias para prestar assistência aos afetados pela inundação massiva, que atingiu a província central de Henan.



O presidente também apelou aos líderes do partido e do governo em todos os níveis para “colocar a vida e a propriedade das pessoas acima de tudo e assumir a liderança em seu trabalho”, adicionando que o Exército e policiais armados devem ativamente ajudar as autoridades locais em operações de resgate. Mais de 20 mil pessoas são envolvidas nos trabalhos de resgate e eliminação das consequências da inundação, segundo o comunicado, informou a Agência Sputnik.