Paróquia São João construída pelos pioneiros completa 64 anos

Paróquia São João construída pelos pioneiros completa 64 anos

A história da paróquia começou antes da construção da capital federal, em 1956

A Paróquia São João Bosco completou 64 anos de sua inauguração ontem (16). O local foi fundado na Cidade Livre, hoje Núcleo Bandeirante, durante os primeiros meses do início da construção de Brasília. Atualmente, ele é reconhecido como um dos primeiros centros religiosos do Distrito Federal e o primeiro do Núcleo Bandeirante.

A história da paróquia começou antes da construção da capital federal, uma vez que o Padre Roque Valiati Batista, idealizador do projeto, chegou à Cidade Livre em 1956. Roque teve o suporte, o suor e a fé dos candangos que viviam nos barracos de madeirite da região para materializar seu sonho de construir uma igreja na localidade.



O historiador do Arquivo Público do Distrito Federal (ArPDF), Elias Manoel da Silva, ressaltou a importância da Paróquia para os candangos. “É importante frisar que a Igreja São João Bosco representava um lugar religioso para o grande grupo de trabalhadores que havia acabado de chegar em Brasília. A maioria dessas pessoas vinha de lugares do interior extremamente religiosos e, ao chegar à região e encontrar a Igreja, sentiam-se familiarizados com o contexto do local e podiam, por intermédio das missas e da liturgia, alimentar-se religiosamente como faziam em suas terras”.