Dois deputados do DF votaram a favor do aumento do fundo eleitoral

Dois deputados do DF votaram a favor do aumento do fundo eleitoral

Dos oito deputados, dois não estavam presentes e quatro votaram contra a proposta

Laerte Bessa (PL) e Bia Kicis (PSL) foram os dois parlamentares do Distrito Federal que votaram a favor do projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias, que prevê quase R$ 6 bilhões para o fundo eleitoral.

O novo valor representa um aumento de R$ 3,7 bilhões. A votação aconteceu de forma virtual dentro da sessão do Congresso Nacional. O placar geral foi de 278 votos a favor, 145 contra e 1 abstenção. Neste momento, a discussão ocorre entre os senadores.

Dos oito deputados da bancada, dois não estiveram presentes (Celina Leão, do PP, e Júlio César, do Republicanos). Érika Kokay (PT), Luís Miranda (DEM), Professor Israel (PV) e Paula Belmonte (Cidadania), foram contra a proposta. Laerte Bessa é suplente de deputado, mas está no exercício do mandato por conta da licença de Flávia Arruda, que ocupa o ministério da Secretaria de Governo.

O deputado Rubens Bueno (Cidadania-PR), disse que o valor do novo fundo eleitoral representa um atraso. “Esse aumento é um absurdo para financiar campanhas com o dinheiro da sociedade. Está faltando dinheiro para vacinas, para Segurança, para Educação e agora aprovam um absurdo desse. Votei não e repudio essa manobra de última hora”.