Jair Bolsonaro Equador Misto Brasília

Bolsonaro ofende e quem paga a conta por danos morais é o contribuinte

A União deve pagar R$ 5 milhões por declarações ofensivas contra as mulheres

Na quarta-feira (23), a Justiça Federal condenou o governo federal por danos morais. De acordo com sua decisão, a União deve pagar R$ 5 milhões por declarações ofensivas contra as mulheres feitas pelo presidente Jair Bolsonaro e também por ministros.

Segundo o Ministério Público federal, a condenação foi efetuada na base de “uma série de declarações e atos administrativos que revelam um viés preconceituoso e discriminatório contra o público feminino, reforçando estigmas e estimulando a violência”, cita a Folha de São Paulo.

A multa deverá ser destinada ao Fundo de Defesa dos Direitos Difusos. Além do mais, o governo foi obrigado, pela decisão da Justiça, a organizar campanhas de conscientização sobre os problemas enfrentados pelas brasileiras, entre os quais a violência doméstica e o assédio sexual, no valor de R$ 10 milhões.