Rota da fruticultura no Entorno terá investimento de R$ 1 milhão

Rota da fruticultura no Entorno terá investimento de R$ 1 milhão

O Ministério de Desenvolvimento Regional prometeu aplicar R$ 1 milhão na chamada Rota da Fruticultura da Região Integrada de Desenvolvimento do Distrito Federal e Entorno (Ride-DF). O dinheiro da Codefasf prometido no sábado, no campus da Upis, em Planaltina, chega através da parceria com o Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura (IICA).

O objetivo, segundo informou a assessoria do ministério, é profissionalizar a cadeia produtiva da fruticultura na região, integrando os subsistemas de insumos, produção, extrativismo, processamento e comercialização por meio da criação de sistemas agroflorestais, agroindustriais e de serviços especializados.

A estruturação da Rota da Fruticultura incluiu a doação de caminhões leves com carroceria baú a quatro instituições: Cooperativa Agrícola da Região de Planaltina (Cootaquara), Cooperativa de Agricultura Familiar Mista do Distrito Federal (Coopermista), Cooperativa Agrícola Buriti Vermelho (Cooper-Horti) e Associação dos Trabalhadores Rurais da Agricultura Familiar do Assentamento Chapadinha (Astraf). O investimento em cada veículo foi de R$ 229 mil. Em breve, também serão disponibilizadas três câmaras frias, duas de 6 x 6 metros (R$ 39,5 mil cada) e uma de 3 x 3 m (R$ 24 mil).

O Distrito Federal conta com outras duas rotas que já estão em atuação: Polo Cerrado Circular, que pertence à Rota da Economia Circular, e o Polo Cerrado Digital, da Rota da Tecnologia da Informação e Comunicação.