Morre em Brasília o ex-vice-presidente da República Marco Maciel

Morre em Brasília o ex-vice-presidente da República Marco Maciel

Morreu nesta madrugada em Brasília, o ex-vice-presidente da República e ex-senador Marco Maciel. Ele estava internado num hospital da capital federal por conta de complicações do Mal de Alzheimer. Marco Maciel tinha 80 anos e deixa a mulher, Anna Maria, e três filhos. Última atualização às 10h50

A morte foi confirmada por familiares e jornalistas próximos do político. O velório será de 14h30 às 16h30 no Salão Negro do Senado, e o sepultamento às 17h30, na Ala dos Pioneiros do Cemitério Campo da Esperança, em Brasília.

Marco Maciel marcou história na política do Brasil e de Pernambuco, onde começou a sua carreira. Ele chegou a ser governador do estado. Foi vice-presidente no mandato de Fernando Henrique Cardoso de 1995 a 2003.

Era um político da velha guarda e contemporâneo do falecido ex-senador e ex-governador Antonio Carlos Magalhães (Bahia) e do ex-presidente José Sarney (Maranhão). Por enquanto não há informações sobre o velório e o sepultamento.

Há pouco, o presidente nacional do Democratas, ex-prefeito de Salvador ACM Neto, publicou que “Marco Maciel foi um dos fundadores e um dos mais importantes quadros do nosso partido. Com sua exemplar atuação na vida pública, escreveu uma história irretocável de dedicação ao nosso país”.

O ex-deputado e ex-ministro Mendonça Filho disse que “no momento que o país precisa construir consensos, o Brasil perde o maior símbolo da política do diálogo: o pernambucano Marco Maciel. O Democratas perde um de seus maiores líderes. Perco um amigo, conterrâneo e exemplo de ética a ser seguido. Uma referência pessoal e política”.