NEWSLETTER

Inscreva-se em nossa newsletter.

Empresa do DF promete contratar 350 pessoas em 12 meses

Companhia de eletricidade anunciou hoje também uma escola para formar eletricistas aberta para homens e mulheres
Neoenergia sede
Novos postos de trabalho destinados a homens e mulheres/Arquivo/Divulgação

Foi lançado hoje (09) a primeira Escola de Eletricistas no Distrito Federal para formação gratuita de homens e mulheres. Ainda neste mês de junho, serão abertas 100 vagas que serão distribuídos em quatro turmas formadas por 25 alunos. A iniciativa tem a chancela da Neoenergia Distribuição Brasília, que também anunciou que vai contratar 350 novos funcionários nos próximos 12 meses.

As oportunidades de emprego serão destinadas para diversas formações acadêmicas de curso superior, além de técnicos e eletricistas. Os interessados devem efetuar cadastro por meio do endereço. A Neoenergia já efetivou a contratação de 14 colaboradores nos últimos dois meses e as demais vagas serão preenchidas até o primeiro semestre do próximo ano.

Na Escola de Eletricistas, os alunos serão submetidos a uma carga horária de 480 horas de disciplinas teóricas e práticas. As aulas, nas cidades de Taguatinga e Sobradinho, serão ministradas pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai-DF).

“Como empresa socialmente responsável, estamos contribuindo com a formação de mão de obra qualificada e investindo no Distrito Federal com a criação de novos postos de trabalho destinados a homens e mulheres”, comenta o presidente da Neoenergia Distribuição Brasília, Frederico Candian.

 “Ao criar e incentivar turmas mistas, estamos quebrando paradigmas e desmistificando a ideia de que a função de eletricista é exclusivamente masculina. Temos a intenção de ampliar cada vez mais a participação feminina na profissão”, disse a superintendente de desenvolvimento Organizacional e Cultura da Neoenergia, Régia Barbosa.

Mais noticias

Slider