NEWSLETTER

Inscreva-se em nossa newsletter.

Piquet diz que Fittipaldi foi o piloto mais importante do automobilismo

Na entrevista que concedeu ontem à noite, o ex-campeão que mora em Brasília disse que Fittipaldi abriu o caminhou para outros pilotos
Nelson Piquet ex-piloto F-1
Piquet disse que nem se considerava um bom piloto/Nelson Casal Júnior/Agência Brasil

O tricampeão mundial de Fórmula 1, Nelson Piquet, considera Emerson Fittipaldi, bicampeão na F1, como o piloto mais importante do automobilismo brasileiro. “O Emerson Fittipaldi foi o mais importante piloto do Brasil, porque ele dirigiu a carreira da gente”. E

Piquet lembrou que Fittipaldi foi lá foi campeão de Fórmula Ford, campeão de Fórmula 3, foi campeão de Fórmula 1 e abriu esse caminho para todos os brasileiros, eu acho que foram 2 mil, fazer o que ele fez. Logicamente nós tínhamos resultado. Para mim, o que gerou tudo isso no Brasil foi o Emerson”, disse.

Piquet participou ontem (07) à noite do programa Sem Censura, da TV Brasil, e falou também sobre temas como a diferença entre a preparação dos pilotos de hoje e da época em que ele corria, a troca de comando na F1, a situação da F1 atualmente e sobre o acidente que sofreu em Indianápolis.

Sobre a sua carreira, Piquet é modesto. “Eu nem me considerava um bom piloto, eu considerava que conseguia fazer os carros melhores, porque eu sempre trabalhei nos carros e eu, antes de entrar na Fórmula 1, nunca tive engenheiro. Eu sempre fazia meus alinhamentos, mas eu sempre achava que todo piloto era melhor do que eu”, disse. “Quando eu cheguei na Fórmula 1, que eu conseguia obter meus resultados, eu conseguia fazer as corridas de ponta a ponta sem errar, aí eu consegui me convencer de que não era tão ruim assim.”

Mais noticias

Slider