NEWSLETTER

Inscreva-se em nossa newsletter.

Kia Kicis mantém no Twitter fake sobre falso relatório do TCU

Deputada do PSL do DF reproduz informação de Bolsonaro que mais tarde foi contestado pelo Tribunal. Depois, o presidente admitiu o erro
Deputada Bia Kicis DF
Bia não apagou até agora uma informação falsa criada pelo próprio presidente/Arquivo

A presidente da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara, deputada Kia Kicis (PSL-DF), mantém em seu perfil no Twitter, a fake news criada pelo próprio presidente Jair Bolsonaro (sem partido), sobre um suposto relatório do Tribunal de Contas da União sobre a Covid-19. A mentira continua postada depois de mais de 24 horas de ser desmentindo pelo TCU. A parlamentar possui 884,9 mil seguidores que já receberam dicas de como ficar sem a máscara de proteção facial para se proteger contra a peste.

Bia Kicis escreve que “segundo relatório do TCU, ainda não final, 50% dos óbitos registrados por COVID, NÃO FORAM POR COVID-19! Acompanhem!”. Logo abaixo, posta o vídeo de Bolsonaro. Ontem (07), o TCU negou que exista algum documento sobre o que disse o presidente.

Hoje (08), o presidente afirmou que “errou” e cometeu um “equívoco” dando ao Tribunal de Contas da União a autoria de um relatório sobre mortes causada pela Covid-19 no ano passado. O chefe do Executivo insistiu, contudo, que há uma supernotificação do número de mortes causadas pelo vírus e afirmou que pedirá uma investigação.

Segundo Bolsonaro, de acordo com o Poder 360, a “tabela oficial de mortes” anuais no país indicou que houve “decréscimo” no número de óbitos de 2019 para 2020, enquanto em anos anteriores houve aumento de um ano para outro. Os dados do Ministério da Saúde, contudo, indicam o contrário. Nesta terça-feira, o Brasil bateu a marca de 17 milhões de casos de Covid-19.

Na últimas 24 horas, foram confirmados 52.911 novos diagnósticos positivos e confirmados 2.378 novos óbitos. Ontem, o número de óbitos decorrentes de complicações relacionadas à doença estava em 474.414.

Mais noticias

Slider