Dois grupos teriam realizado o ataque ao grupo da JBS nos EUA

Trabalhador JBS unidade industrial Misto Brasil
Trabalhador da JBS em nova unidade inaugurada no Paraná/Arquivo/Divulgação

O Departamento Federal de Investigação dos EUA atribui o ciberataque contra a JBS, a maior produtora mundial de carne, com sede no Brasil, aos grupos criminosos REvil e Sodinokibi, contou à Sputnik o representante do FBI.

“Atribuímos esse ataque ao REvil e Sodinokibi e estamos trabalhando duro para trazer à Justiça os que criaram essa ameaça”, segundo suas palavras.

Recentemente, o presidente dos EUA, Joe Biden, afirmou que vai rever a ameaça representada pelos ataques de resgate (ransomware), de acordo com a Casa Branca. Biden discutirá a questão de “dar guarida a hackers responsáveis por tais atos” com o presidente russo Vladimir Putin.

A JBS fechou todas as suas unidades de carne bovina com sede nos EUA a partir de terça-feira (1º), enquanto respondia a um ataque cibernético. As unidades voltaram às atividades entre ontem e hoje.

Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas

Assuntos Relacionados


Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas