NEWSLETTER

Inscreva-se em nossa newsletter.

Fracassa mais uma tentativa de acordo e greve continua no metrô

O sindicato rejeitou a proposta encaminhada pela companhia do DF e agora a questão deve ser decidida pelo TRT da 10a. Região
Estação Águas Claras
A greve dos metroviários continua no Distrito Federal e TRT deve decidir a questão/Arquivo/Divulgação

Terminou hoje (17) sem acordo a reunião entre os representantes dos metroviários e a companhia do metrô do Distrito Federal. Foi a segunda tentativa desde a sexta-feira (14) para acabar com a greve da categoria que começou no dia 19 de abril.

A reunião foi realizada no Tribunal Regional do Trabalho da 10ª. Região e foi intermediada pelo desembargador Brasilino Ramos, que é presidente da corte trabalhista. Como não houve um acordo, é provável que ainda nesta semana o TRT defina sobre a questão.

O presidente do tribunal, segundo foi revelado na reunião virtual que não estava aberta à imprensa, estava muito preocupado com a continuidade do movimento em plena pandemia da Covid-19. O Sindicato dos Metroviários informou agora à noite que não há data para uma decisão do TRT sobre esta divergência.

Em nota, a Companhia do Metropolitano do Distrito Federal (Metrô-DF) informou que Sindmetrô recusou proposta apresentada na sexta-feira (14). “Tal proposta consistia em assinar o Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) 2021-2023 com as cláusulas consensuais e continuar discutindo as demais (13ª parcela do Auxílio Alimentação e Quebra de Caixa), que são objeto de impasse, no âmbito do TRT”.

Mais noticias

Slider