NEWSLETTER

Inscreva-se em nossa newsletter.

DF tem queda na média móvel de casos do novo coronavírus

Em comparação com as duas últimas semanas, foi registrado uma redução de 20%, com tendência de queda
Abraço no cemitério Covid-19
Embora tenha menos intensidade, a pandemia continua matando muita gente no DF e no Brasil/Arquivo/DW

O Distrito Federal registrou até o final da tarde deste domingo (16), 392.582 casos notificados da peste, com 894 casos novos em relação a sábado. Do total de registros, 376.396 (95,9%) estão recuperados e 8.317 (2,1%) evoluíram para óbito. Nas últimas 24 horas, foram registradas 19 mortes. No sábado, foram 23. Veja o quadro dos casos por região administrativa logo abaixo.

A média móvel de casos caiu de 30,14 no sábado para 29,14, o menor número desde 17 de março.  A boa notícia é que na comparação com as duas últimas semanas, foi registrado uma redução de 20%, com tendência de queda na pandemia.

A Secretaria de Saúde do DF informou que 513 dos 677 leitos operacionais de UTI, Ucin e UCI destinados a pacientes com Covid-19 estão ocupados. Na rede privada, a taxa de ocupação é de 91% – 243 dos 267 leitos para adultos disponíveis estão ocupados.

Sobre a vacinação – Np sábado, foram imunizadas 2,7 mil pessoas com a primeira dose. Até agora, foram vacinas 553.916 pessoas, das quais 290.916 com a segunda dose.  A campanha segue para quem tem mais de 60 anos, para as pessoas de 50 a 59 anos e grávidas com comorbidades; além e imunossuprimidos e portadores de síndrome de Down. Idosos e gestantes não precisam agendar, já os demais devem marcar pelo site da secretaria.

Quem tem entre 50 e 54 anos e possui comorbidades poderá agendar a vacinação contra a Covid-19. Serão 20 mil vagas pra continuidade do grupo de comorbidades. É necessário possuir cadastro no mesmo site para fazer o agendamento.

Mais noticias

Slider