NEWSLETTER

Inscreva-se em nossa newsletter.

Autorizadas as viagens essenciais do Brasil para Portugal

Entram na categoria de viagens essenciais por motivos profissionais, de estudo, de reunião familiar, por razões de saúde
Portugal novo confinamento
Portugal adotou medidas duras para conter a transmissão da Covid-19/Arquivo/DN

O governo de Portugal autorizou nesta sexta-feira (16) a retomada de voos com o Brasil e o Reino Unido para viagens essenciais. Os voos estavam proibidos desde o final de janeiro devido às variantes da covid-19 identificadas nesses países, consideradas mais perigosas.

Entram na categoria de viagens essenciais as destinadas a permitir o trânsito ou a entrada em Portugal por motivos profissionais, de estudo, de reunião familiar, por razões de saúde ou por razões humanitárias.

Passageiros de voos do Brasil, da África do Sul ou de países com taxa de incidência de Covid-19 igual ou superior a 500 casos por 100 mil habitantes têm que cumprir quarentena de 14 dias no seu domicílio ou em local indicado pelas autoridades. Estão nessa lista de países, por exemplo, Bulgária, República Tcheca, Chipre, Croácia, Eslovênia, Estônia, França, Hungria, Holanda, Polônia e Suécia.

O governo português também informou nesta sexta que manterá as restrições nas fronteiras terrestres e fluviais com a Espanha por mais 15 dias, que limitam a circulação entre os países vizinhos.

Mais noticias

Slider