NEWSLETTER

Inscreva-se em nossa newsletter.

Começa neste sábado a fase vermelha do lockdown em São Paulo

Na mais restritiva do Plano São Paulo somente serviços considerados essenciais como padarias e postos de combustíveis, podem funcionar
são Paulo restrições Covid-19
Detalhe de uma das avenidas de São Paulo durante as restrições da Covid-19/Arquivo/ABr

Para tentar conter o avanço do novo coronavírus, todo o estado de São Paulo entra, a partir de hoje (6), na fase 1-vermelha do Plano São Paulo, onde somente serviços considerados essenciais podem funcionar. A medida vale pelo período de 14 dias, até 19 de março.

Na fase vermelha, a mais restritiva do Plano São Paulo, somente serviços considerados essenciais, como indústria, farmácias, padarias, postos de combustíveis, transporte, bancos, hotéis e supermercados, podem funcionar. Também podem funcionar estabelecimentos religiosos, que foram recentemente incluídos como atividade essencial pelo governador João Doria.

As aulas presenciais nas escolas da rede pública ou privada não serão suspensas nesse período. A frequência dos alunos, no entanto, não é obrigatória e a capacidade é limitada a 35%. Segundo o governo paulista, as aulas serão permitidas principalmente para atender aos alunos de maior vulnerabilidade. Parques, comércio de rua, shoppings, academias, museus e cinemas terão que ficar fechados. Já bares e restaurantes somente poderão funcionar para serviços de entrega ou drive-thru.

Mais noticias

Slider