NEWSLETTER

Inscreva-se em nossa newsletter.

Ibaneis diz que a vacinação do público em geral pode começar neste mês

Enquanto isso, o boletim epidemiológico divulgado no início da noite aponta para um novo recorde na média de casos
vacinacao-Zita-Ferreira-Magalhães-104-anos DF
Vacinação é a única maneira de parar a peste que já matou milhares de pessoas/Arquivo

O boletim epidemiológico divulgado no início da noite aponta para um novo recorde na média de casos e de mortes associadas ao Covid-19 no Distrito Federal. Foram registradas 18 mortes e 1.266 novos casos confirmados. Assim, o total de vítimas fatais pelo vírus chega a 4.918 desde o início do ano passado, quando oficialmente começou a pandemia do novo coronavírus no Brasil. O número de infectados ultrapassou a 300 mil, sendo exatos 302.185 casos.

A Secretaria de Saúde do DF indicou que o número de novos casos é 16% menor do que o registrado ontem, mas o número de mortes aumento 38%. O acompanhamento da coronavírus mostra que a ocupação de leitos de UTI é de 90,17%.

Hoje à tarde, o governador Ibaneis Rocha (MDB) disse à imprensa que “espera ter a partir de abril a vacinação do público em geral”. As pessoas com 65 anos ou mais e algumas categorias de serviços essenciais devem começar a ser imunizadas ainda em março”, pela previsão do governador.

A declaração ocorreu em entrevista ao jornal Correio Braziliense. O governador não detalhou como o público será dividido. Disse que será “progressiva, vacinando grupos mais vulneráveis”.

“Está previsto que sejam distribuídas, ainda no mês de março, 38 milhões de doses [no país], o que chegaria aqui no Distrito Federal em torno de 600 mil doses e a gente teria condições de vacinar o público nosso acima de 65 anos”.

“Acreditamos que, a partir de abril, já nas remessas que chegam em abril, a gente comece a vacinar o público em geralA ideia é que de 65 [anos] para cima e comorbidades primeiro, e depois o grupo em geral“.

Mais noticias

Slider