NEWSLETTER

Inscreva-se em nossa newsletter.

Cartão Prato Cheio é creditado para 32 mil famílias do Distrito Federal

O benefício social é importante para a manutenção das famílias pobres, a maioria na estatística do desemprego
Desempregada Ângela Patrícia Alves
O auxílio emergencial ajuda pessoas como a desempregada Ângela Patrícia/Arquivo/Ascom Sedes

Quase 32 mil famílias receberam nesta quinta-feira (04) o crédito de R$ 250 do Cartão Prato Cheio. O Cartão Prato Cheio foi criado pela Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes) para dar suporte às famílias em insegurança alimentar e nutricional do Distrito Federal.

O auxílio é concedido mensalmente para garantir a aquisição de alimentos às famílias atendidas pelas unidades socioassistenciais do DF. O cartão não está habilitado para a função saque, e só pode ser utilizado nos comércios de produtos alimentícios.

A diarista Cleide Pereira, 34 anos, conta que com o cartão do Prato Cheio consegue comprar as hortaliças para seus  três filho no mercadinho erto da sua casa. “Gosto de comprar mais frutas, verduras e carne para meu filho, que ainda é bebê. Eu gasto metade e a outra parte guardo e vou gastando aos poucos para toda semana poder comprar frutas e verduras frescas. Quando sobra, também compro fraldas descartáveis no mercado”.

“Entrar no mercado e saber que posso escolher o que vou comer foi a melhor coisa que aconteceu na minha vida. Agora, economizando, consigo comprar a carne, frango, iogurte e até o biscoito”, conta a desempregada Ângela Patrícia Alves França.

Mais noticias

Slider