NEWSLETTER

Inscreva-se em nossa newsletter.

Finalmente Bolsonaro reconhece vitória de Biden nos Estados Unidos

Nota do governo registra saudações ao democrata, com votos e "a esperança de que os EUA sigam sendo “a terra dos livres e o lar dos corajosos"
Itamaraty
O Itamaraty é responsável pela política de relações internacionais do Brasil/Arquivo/Divulgação

O presidente Jair Bolsonaro afirmou, nesta terça-feira, que não discute mais o resultado das eleições norte-americanas e já autorizou o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, a cumprimentar oficialmente o presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden. Em entrevista por telefone ao jornalista José Luiz Datena, da TV Band, Bolsonaro afirmou ainda que irá agora fazer um trabalho de aproximação com o governo democrata.

“Da minha parte, e da parte dele com toda certeza, o americano é pragmático, nós vamos fazer um trabalho de cada vez mais aproximação”, afirmou.

Nota do Ministério das Relações Exteriores

Presidente Jair Bolsonaro transmite a seguinte mensagem ao Presidente-Eleito Joe Biden após o anúncio dos resultados da votação no Colégio Eleitoral dos EUA:

– Saudações ao Presidente Joe Biden, com meus melhores votos e a esperança de que os EUA sigam sendo “a terra dos livres e o lar dos corajosos”.

– Estarei pronto a trabalhar com V. Exa. e dar continuidade à construção de uma aliança Brasil-EUA, na defesa da soberania, da democracia e da liberdade em todo o mundo, assim como na integração econômico-comercial em benefício dos nossos povos.

Mais noticias

Slider