NEWSLETTER

Inscreva-se em nossa newsletter.

Reitora da UnB: “Minha vida foi vasculhada de trás pra frente e de frente pra trás”

A professora Márcia Abrahão foi reconduzida para o cargo pelo presidente Bolsonaro dois após das eleições
UnB transmissão Conselho Universitário
Professora Márcia (no centro) na reunião agora do Conselho Universitário da UnB/Reprodução vídeo

Na transmissão ao vivo pelo YouTube (veja link abaixo) que acontece neste momento da reunião do Conselho Universitário da Universidade de Brasília, a reitora Márcia Abrahão, agradeceu o apoio de “toda a comunidade” universitária por conta da sua recondução ao cargo. A nomeação pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) foi publicada hoje (20) no Diário Oficial da União, dois meses após a eleição.

A sua recondução era uma expectativa dos professores, alunos e dos funcionários, já que em outras duas universidades federais, o primeiro da lista tríplice não foi escolhido. Márcia está no cargo há quatro anos. “Naturalmente a minha vida foi vasculhada de trás pra frente e de frente pra trás”, desabafou.

A reitora disse no início da transmissão, que agradece “a sociedade do Distrito Federal que se mobilizou em favor da nomeação”. Lembrou o apoio da bancada dos deputados federais, de três senadores e dos deputados distritais, do governador Ibaneis Rocha e “de várias personalidades também de outros estados”. Para a professora Márcia, isso demonstra o respeito que a UnB desperta. “E pela unânime em ver a união, pois a universidade está unida e pacificada”.

A reitora Márcia Abrahão foi a mais votada com 96% dos votos. Houve uma vigília pela nomeação aprovada pelo Conselho Universitário da UnB por sugestão do Diretório Central dos Estudantes.

Mais noticias

Slider