NEWSLETTER

Inscreva-se em nossa newsletter.

Cautela do consumidor indica dificuldades no setor de serviços

A confiança interrompeu cinco meses seguidos de ganhos e recuou em outubro, em patamar abaixo daquele visto antes da pandemia
Salão de beleza DF
Consumidor voltou a ter cautela em outubro com o setor de serviços/Arquivo

A confiança de serviços no Brasil interrompeu cinco meses seguidos de ganhos e recuou em outubro, em patamar abaixo daquele visto antes da pandemia de coronavírus, segundo dados divulgados nesta quinta-feira pela Fundação Getulio Vargas (FGV). O Índice de Confiança de Serviços (ICS) recuou em outubro 0,4 ponto e chegou a 87,5 pontos apesar do aumento no volume de serviços no mês, devido à piora das expectativas, segundo a FGV.

“A grande cautela dos consumidores e a incerteza sobre a evolução da pandemia sugerem que o setor ainda enfrentará dificuldades para retornar ao ritmo de recuperação observado do início do ano”, avaliou o economista da FGV Ibre Rodolpho Tobler, em nota.

O Índice de Situação Atual (ISA-S) passou a subir 2,6 pontos, para 79,5 pontos em outubro, mantendo a tendência de ganho desde maio. Mas o Índice de Expectativas (IE-S) caiu 3,2 pontos, a 95,7, voltando a

Mais noticias

Slider