NEWSLETTER

Inscreva-se em nossa newsletter.

Bradesco mais cauteloso com resultados e dólar continua em alta

Anteriormente, o banco previa uma expansão em linha com os empréstimos.e que os resultados de seguros e as receitas de tarifas devem ficar sob pressão
Dólar contagem
Nesta manhã de quinta-feira o dólar está cotado a R$ 5,7806 na venda/Arquivo

O Banco Bradesco estabeleceu nesta quinta-feira uma perspectiva mais cautelosa para os resultados de 2020, segundo apresentação a jornalistas. O banco disse que vê sua margem financeira total, uma medida dos ganhos com empréstimos menos os custos com depósitos, crescendo abaixo da expansão da carteira de crédito do Bradesco. Anteriormente, o banco previa uma expansão em linha com os empréstimos. O Bradesco acrescentou ainda que os resultados de seguros e as receitas de tarifas devem ficar sob pressão.

Enquanto isso, o dólar abriu esta quinta-feira em alta contra o real, voltando a se aproximar do patamar de R$ 5,80 à medida que os investidores acompanhavam a disseminação global da Covid-19, esperavam pelas eleições norte-americanas e digeriam o comunicado de política monetária do Copom, divulgado na véspera.

Às 9h12, o dólar avançava 0,30%, a 5,7806 reais na venda, enquanto o contrato mais líquido de dólar futuro subia 0,51%, a R$ 5,7775. Na véspera, o dólar spot teve alta de 1,42%, a R$ 5,7633, máxima de encerramento desde 15 de maio (R$ 5,8392). O Banco Central fará nesta sessão leilão de swap tradicional para rolagem de até 12 mil contratos com vencimento em abril e agosto de 2021.

Mais noticias

Slider