NEWSLETTER

Inscreva-se em nossa newsletter.

IBGE diz que Brasil tem hoje 14 milhões de desempregados

Embora tenha ocorrido uma estabilização, há mais gente pressionando o mercado em busca de trabalho
Carteira do trabalho
Mais trabalhadores estão em busca de trabalho com carteira assinada/Arquivo

Texto de Ana Cristina Campos

O número de desempregados chegou a 14 milhões de pessoas na quarta semana de setembro, ficando estatisticamente estável em relação à semana anterior (13,3 milhões). Com isso, a taxa de desocupação (14,4%) ficou estável em relação à semana anterior (13,7%) e cresceu frente à primeira semana de maio (10,5%), quando o levantamento foi iniciado.

Os dados constam da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) Covid-19, divulgada hoje (16) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Esta é a última divulgação da Pnad Covid-19 semanal. A coleta de dados por telefone continuará para subsidiar as edições mensais da pesquisa, que devem continuar até o fim do ano.

“Embora as informações sobre a desocupação tenham ficado estáveis na comparação semanal, elas sugerem que mais pessoas estejam pressionando o mercado em busca de trabalho, em meio à flexibilização das medidas de distanciamento social e à retomada das atividades econômicas”, disse, em nota, a coordenadora da pesquisa, Maria Lucia Vieira.

(Ana Cristina Campos trabalha na EBC)

Mais noticias

Slider