NEWSLETTER

Inscreva-se em nossa newsletter.

Comédia com Robert De Niro supera filme de ficção nas bilheterias

Após dois anos de espera, “Em Guerra com o Vovô” finalmente foi lançado, mas em um mercado bastante diferente
Filme Em guerra com o vovô
Veterano ator Robert De Niro contracena no filme Em guerra com o vovô/Arquivo/Divulgação

“Em Guerra com o Vovô”, comédia com Robert De Niro sobre uma batalha entre um septuagenário e seu neto por causa de um quarto, deveria ter chegado aos cinemas em 2018.

Mas os planos mudaram depois que Harvey Weinstein, o produtor indie cuja companhia The Weinstein Company financiou o sucesso “Esqueceram de Mim”, foi exposto como um predador sexual. O escândalo levou à dissolução da empresa e levou “Em Guerra com o Vovô” e outras produções do estúdio a uma espécie de limbo.

Após dois anos de espera, o filmeEm Guerra com o Vovô” finalmente foi lançado, mas em um mercado bastante diferente que enfrenta uma crise de sobrevivência gerada pela pandemia de coronavírus. O filme levantou US$ 3,6 milhões em bilheteria de 2.205 salas de exibição, apesar de receber críticas que o descreveram como sem graça.

“Em Guerra com o Vovô” também tirou do primeiro lugar o suspense de ficção científica de Christopher Nolan “Tenet”. Na sexta semana de exibição desde o lançamento, “Tenet” arrecadou US$ 2,1 milhões em bilheteria nos Estados Unidos, elevando o total desde o lançamento para US$ 48,3 milhões. No mundo, nesta semana, o filme levantou US$ 9,8 milhões, elevando o total da produção para US$ 323,3 milhões.

Mais noticias

Slider