NEWSLETTER

Inscreva-se em nossa newsletter.

SP retorna com aulas presenciais e reforço nas atividades pedagógicas

As atividades começam na rede pública estadual e nas redes privadas e municipais podem retornar 35% dos alunos
Aulas retorno
No Distrito Federal, as aulas presenciais estão previstas somente para 2021/Arquivo/Marcelo Casal/Agência Brasil

Texto de Flávia Albuquerque

Pelo menos 200 mil estudantes serão atendidos pela volta das atividades presenciais opcionais de 904 escolas da rede estadual em 219 municípios do estado de São Paulo que a partir de hoje (7) passam a ofertar atividades de reforço e recuperação. No Distrito Federal, as aulas presenciais na rede pública estão descartadas neste ano letivo que termina em fevereiro.

Na capital paulista, 304 unidades retomam as atividades presenciais, segundo balanço da Secretaria Estadual da Educação. Parte delas já funciona desde o dia 8 de setembro. As escolas estaduais podem oferecer aulas para alunos do ensino médio ou da modalidade de Educação de Jovens e Adultos (EJA).

Nas redes privadas e municipais, a educação infantil e os anos iniciais do ensino fundamental podem ter até 35% dos alunos por dia em atividades presenciais. Para os anos finais dos ensinos fundamental e médio, o limite máximo é de 20%. Nas escolas estaduais, só é permitido o atendimento de até 20% em todas as etapas.

(Flávia Albuquerque trabalha na EBC)

Mais noticias

Slider