NEWSLETTER

Inscreva-se em nossa newsletter.

Engenheiro eletricista foi indicado para comandar o Inpe

O pesquisador e engenheiro eletricista Clézio Marcos De Nardim vai substituir Ricardo Galvão, que foi demitido há mais de um ano
Pesquisador e engenheiro eletricista Clézio Marcos De Nardim
Pesquisador e engenheiro eletricista Clézio Marcos De Nardim/Reprodução TV

O ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, Marcos Pontes, indicou o pesquisador e engenheiro eletricista Clézio Marcos De Nardim para a direção do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), mais de um ano depois da demissão de Ricardo Galvão. Nardim é pesquisador de carreira do Inpe e ocupava a coordenação-geral de Ciências Espaciais e Atmosféricas e deve ocupar a diretoria pelos próximos quatro anos. Era um dos três nomes de uma lista tríplice entregue ao ministro por um comitê de busca independente contratado para organizar a seleção do novo diretor depois da saída tumultuada de Galvão.

Os outros dois nomes não foram revelados, mas nove pessoas se candidataram ao cargo. Entre elas, Gilberto Câmara, ex-diretor do Instituto, e o diretor interino, o militar Darcton Policarpo Damião. Preterido, Damião foi nomeado assessor especial de Marcos Pontes.

Clézio assume depois de várias crises e polêmicas enfrentadas pelo Inpe ao longo dos 21 meses de governo do presidente Jair Bolsonaro. Cientista respeitado internacionalmente, Ricardo Galvão foi exonerado depois de responder duramente acusações do presidente da República de que os dados de desmatamento da Amazônia eram mentirosos.

Mais noticias

Slider