NEWSLETTER

Inscreva-se em nossa newsletter.

Ações da Azul e Gol têm alta e mercado aguarda decisão do STF

Hoje o STF retoma o julgamento de uma ação que questiona a venda de subsidiárias da Petrobras, constituídas a partir do desmembramento da empresa matriz
Avião Azul
Vendas de ações na bolsa de valores têm alta significativa nesta manhã/Arquivo

Em uma sessão de queda para o Ibovespa, quem ganha destaque no campo positivo são as ações da Azul e Gol, em meio à elevação de recomendação de neutra para compra pelo Goldman Sachs para as duas ações, com ganhos de cerca de 6%.

O Goldman elevou o preço-alvo para a Gol de R$ 17 para R$ 26,80, de forma a incorporar as medidas de redução de custos da companha, como licenças voluntárias, adiamento de pagamentos de leasing e mudanças de contratos que diminuíram o risco de liquidez da empresa. Já o preço-alvo para a Azul foi de R$ 18,50 para R$ 38,80, também de forma a incorporar medidas tomadas em meio à pandemia, como renegociações com sindicatos, com as empresas de leasing de aeronaves e afastamentos voluntários.

Deve ser retomado hoje o julgamento de uma ação que questiona a venda de subsidiárias da Petrobras, constituídas a partir do desmembramento da empresa matriz, sem aval do Congresso Nacional. Segundo a ação, a estatal estaria descumprimento um entendimento do próprio STF ao desmembrar a empresa-mãe para vender ativos, incluindo refinarias, sem autorização dos parlamentares. De acordo com o G1, o Supremo Tribunal Federal começou o julgamento ontem, quando foram apresentadas as sustentações orais das partes.

Mais noticias

Slider