NEWSLETTER

Inscreva-se em nossa newsletter.

Usuário do Instagram em Taguatinga é condenado por danos morais

Ele terá que pagar R$ 3 mil a outra usuária da rede social, que foi na opinião da justiça, ofendida por comentários
Instagram celular
Comentários ofensivos foram feitas na rede social Instagram/Arquivo/Divulgação

Um comentário ofensivo no Instagram rendeu a Ítalo Bruno Ferreira Passos a condenação por danos morais contra a analista Ana Carolina Hotencio Garcia. A sentença foi divulgada hoje (30) e foi assinada pelo juiz do 1º Juizado Especial Cívil de Taguatinga, Renato Magalhães Marques. O juiz magistrado definiu uma indenização de R$ 3 mil.

Ana entrou com um procedimento por se achar ofendida com a postagem na rede social. Na decisão, o juiz de Direito destacou o trecho do comentário: “Está (sic) menina não é, e nunca foi analista em local algum. Muito recentemente, passou pela empresa que eu trabalho e o resumo, desastre total”. Segundo ele, “o cunho ofensivo da declaração se retira do fato de a autora já ter sido sim contratada para a função de analista de análise clínica, ao contrário do afirmado pelo réu”.

A decisão aconteceu à revelia do réu, porque Renato compareceu quando foi chamado para dar explicações. “Pela prova juntada aos autos que, efetivamente, houve manifestação com conteúdo claramente ofensivo à autora em postagem na página da rede social em questão”.

Mais noticias

Slider