NEWSLETTER

Inscreva-se em nossa newsletter.

Polícia Federal faz buscas contra o governador de Santa Catarina

Investigação se refere a uma suposta aquisição fraudulenta de 200 respiradores para atender pacientes com Covid-19
governador Carlos Moisés SC
Carlos Moisés foi afastado do cargo de governador de SC por 180 dias/Arquivo/Divulgação

Mandados de busca e apreensão estão sendo cumpridos neste momento pela Polícia Federal contra o governador de Santa Catarina, Carlos Moisés (PSL). A autorização partiu do ministro do Superior Tribunal de Justiça, Benedito Gonçalves. Também são alvos das medidas judiciais ex-gestores estaduais que trabalharam na administração do governador. O pedido ao ministro foi feito pelo Ministério Público Federal.

Estão sendo investigados supostos contratos fraudulentos para compra de respiradores para atender pacientes graves com a Covid-19. O valor das aquisições é de r$ 33 milhões para compra de 200 unidades. Carlos Moisés é um dos governadores investigados por compras feitas sob suspeitas durante a pandemia.

Ontem (29) à tarde, Carlos Moisés apresentou a sua defesa num segundo pedido de impeachment que tramita na Assembleia Legislativa de Santa Catarina. Essa defesa se refere ao mesmo caso da compra dos respiradores e de um hospital de campanha construído na cidade litorânea de Itajaí. A vice-governadora Daniela Reinehr também é parte desse processo. Ambos já sofrem um processo de impeachment em outro caso que envolve aumento salarial para procuradores do Estado.

Mais noticias

Slider