NEWSLETTER

Inscreva-se em nossa newsletter.

Metro quadrado tem elevação, mas valor do aluguel tem queda no DF

Levantamento leva em consideração agosto e os últimos 12 meses e foi realizado pelo portal Wimoveis
Prédios Brasília
Novo levantamento com base em dados de agosto mostra novos preços no setor imobiliário/Arquivo/Agência Brasília

Comprar ou construir imóveis no Distrito Federal ficou 1,1% mais caro, de acordo com levantamento do portal Wimóveis. A média do preço de compra em Brasília é de R$ 9.743,00/m². Em 2020, o crescimento registrado neste valor foi 2,0% e nos últimos 12 meses, a valorização foi de 3,3%.

O Setor de Indústria e Abastecimento (SIA) aparece em segunda posição no custo do metro quadrado, com R$ 8.964,00/m², seguida de Cruzeiro (R$ 6.373,00/m²). As regiões mais acessíveis são Santa Maria (R$ 2.795,00/m²), Vicente Pires (R$ 2.874,00/m²) e Samambaia (R$ 3.745,00/m²).

O Setor de Clubes Esportivos Sul (R$ 13.139,00/m²) foi o bairro do DF com maior evolução no preço de compra, com alta de 12,2%. Ceilândia Sul (R$ 4.146,00/m²), foi o segundo local com maior aumento no preço, 9,7%, e, finalizando o ranking, o centro de Brasília (R$ 6.105,00/m²), com elevação de 9,6%.

A média mensal de locação de imóveis em Brasília caiu sutilmente em agosto (-0,1%). Nesta amostra foram considerados imóveis padrão de 65m², 2 dormitórios e uma vaga de garagem. Brasília, Águas Claras e Cruzeiro tem média mensal de aluguel de R$ 2.666,00, R$ 1.986,00 e R$ 1.926,00. As mais econômicas são: Núcleo Bandeirante (R$ 1.047,00/mês), Ceilândia (R$ 1.123,00/mês) e Samambaia (R$ 1.139,00/mês).

Mais noticias

Slider