NEWSLETTER

Inscreva-se em nossa newsletter.

Guedes se reúne com Bolsonaro que cancela o Renda Brasil

Programa social iria substituir o Bolsa família com mais recursos, mas o governo não tem fonte de financiamento
Jair Bolsonaro presidente
Bolsonaro disse que não quer mais ouvir falar do Renda Brasil/Arquivo

O ministro da Economia, Paulo Guedes, adiou nesta terça-feira a participação em um evento pela manhã para se encontrar com o presidente Jair Bolsonaro no Palácio do Planalto. O Ministério da Economia não informou a pauta da reunião com o presidente, que ocorre em meio às definições das fontes de financiamento para um programa de transferência de renda mais robusto, que viria para substituir o Bolsa família.

O governo enfrenta o desafio de elevar os gastos sem ferir a regra do teto de gastos, considerada única âncora fiscal do país. Para tanto, a opção seria cancelar despesas ou mudar o direcionamento ou regras de programas e benefícios sociais que já existem, alternativas que têm enfrentado resistência do presidente.

Hoje pela manhã, Bolsonaro gravou um vídeo e postou no Twitter. Disse que “congelar aposentadorias, cortar auxílio para idosos e pobres com deficiência, um devaneio de alguém que está desconectado com a realidade. Como já disse jamais tiraria dinheiro dos pobres para dar aos paupérrimos“. Adiante disse que “até 2022, no meu governo, está proibido falar a palavra Renda Brasil, vamos continuar com o Bolsa Família e ponto final”.

Mais noticias

Slider