NEWSLETTER

Inscreva-se em nossa newsletter.

Preferência de proposta de compra da Claro e TIM é aceita pela Oi

O acordo daria às empresas, principais operadoras de telefonia celular do país, o direito exclusivo de igualar qualquer outra oferta
Oi companhia telefônica
A operadora Oi negocia a venda da unidade móvel pata se recuperar financeiramente/Arquivo

A Oi aceitou em conceder status preferencial a uma proposta de aquisição conjunta da TIM Participações, Telefônica Brasil e Claro, da America Movil, para os ativos móveis da Oi, disseram duas fontes familiarizadas com o assunto .

O acordo daria às empresas, principais operadoras de telefonia celular do país, o direito exclusivo de igualar qualquer outra oferta mais alta que outras partes possam fazer posteriormente. Em julho, as três operadoras apresentaram uma oferta conjunta de 16,5 bilhões de reais pelos ativos.

A compra da Oi Móvel pelo trio TIM, Vivo e Claro tem “chances mínimas” de ser aprovada pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) sem restrições, disse o presidente do órgão, Alexandre Barreto, segundo informou o Infomoney. Na quinta-feira (06), depois do fim da exclusividade da Highline – empresa de infraestrutura para telecomunicações – pela Oi, as concorrentes passaram a ficar em pé de igualdade na disputa pela tele. Ao Estadão/Broadcast, Barreto disse que, caso a operação seja concretizada, será necessário um acordo que inclua medidas como a venda de ativos.

Mais noticias

Slider