NEWSLETTER

Inscreva-se em nossa newsletter.

Deputado Israel critica decisões de Ibaneis sobre pandemia

Parlamentar disse que no início o governador foi bem, mas depois criou muita confusão; colegas de Israel criticaram o parlamentar
Deputado Professor Israel Batista
Professor Israel disse que no início até que o governador foi bem no combate à pandemia/Arquivo/Câmara

Em live com parlamentares federais do Distrito Federal promovida pelo site Misto Brasília, o deputado Israel Batista (PV-DF) criticou as decisões do governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), sobre a reabertura das atividades não essenciais. O deputado elogiou o governador nas primeiras medidas contra a pandemia, mas depois de declarar calamidade pública e ao mesmo tempo decretar a reabertura das atividades não essenciais no DF, Ibaneis teria sido incoerente na opinião do professor Israel.

Para o deputado. o governador apresentou argumentos “inaceitáveis”. O parlamentar concordou com a interferência da Justiça, que suspendeu decretos assinados por Ibaneis. “A Justiça está agindo diante de um perigo eminente”, relatou Israel. “Não dá para você ampliar a decretação de calamidade pública e ao mesmo tempo liberar atividade comercial. O governador precisa explicar isso”. Ontem à noite, o Tribunal de Justiça suspendeu a decisão da primeira instância e determinou que as responsabilidades de abertura ou fechamento das atividades é responsabilidade do Executivo.

O deputado disse que a população não é culpada pela quebra das regras impostas pelo Governo do Distrito Federal. Segundo o professor Israel, há muitas informações divergentes e desencontradas, o que confunde as pessoas. “O melhor a se fazer é orientar a população de forma certeira e transparente, mostrando os verdadeiros dados que só os governantes possuem”, acredita. Os deputados Júlio César (Republicanos-DF), Luís Miranda (DEM-DF) e Bia Kicis (PSL), criticaram Israel e disseram que as decisões do governador devem ser respeitadas, porque o “judiciário não pode interferir” nas decisões do governo. O senador Izalci Lucas (PSDB-DF) concorda que há muito desencontro de informações sobre a pandemia.

Mais noticias

Slider