Óbitos associados ao Covid-19 têm pequena queda no DF

Coronavírus máscara
O uso de máscara e lavar as mãos com frequência são medidas necessárias para se defender do coronavírus/Arquivo

O número de mortes no Distrito Federal diminuiu nas últimas 24 horas, mas permanece muito alto. No boletim médico divulgado há pouco, o registro de mortes é de 14 pessoas entre ontem e hoje. A média nos últimos dias foi de 20 óbitos. Assim, o total desde o início da pandemia do Covid-19 chega a 509.

Nesse mesmo período de um dia, os novos diagnósticos chegam a 1.617. O total chega a 38.871. Ceilândia, Plano Piloto, Taguatinga e Samambaia são as regiões que mais tem casos de infecção.

Escolas particulares sugerem volta às aulas presenciais – #COMPARTILHE o Misto Brasília

Adiado para 13 de julho o início das aulas virtuais da rede pública no DF – #COMPARTILHE nossas informações

Enquanto isso, informou-se hoje que os estudos para comprovar a eficácia de uma potencial vacina contra a Covid-19 desenvolvida na Universidade de Oxford podem levar até um ano na Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), e a instituição mantém conversas adiantadas para também testar em voluntários brasileiros uma candidata a vacina criada na Itália, disse à Reuters a reitora da universidade, Soraya Smaili.

Os testes com a potencial vacina da universidade britânica —uma das 10 do mundo em estágio mais avançado de estudo— começaram nesta semana no Brasil e deverão incluir, inicialmente, 2 mil voluntários em São Paulo e outros 1 mil no Rio de Janeiro.

Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas

Assuntos Relacionados


Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas