NEWSLETTER

Inscreva-se em nossa newsletter.

Cotas para universidades federais voltam a ter validade

Portaria que acabaram com este modelo social foi revogada por uma nova portaria publicada hoje
UnB estudantes
As aulas virtuais começam nesta segunda-feira, mas muitos estudantes têm dificuldade com a internet/Arquivo

A última portaria do então ministro da Educação, Abraham Weintraub, foi revogada na edição de hoje (23) do Diário Oficial da União. Antes de ser exonerado do cargo e viajar aos Estados Unidos, Weintraub assinou uma portaria que acabava com as cotas de negros, indígenas e pessoas com deficiência em cursos de pós-graduação no Brasil.

A portaria desta terça revoga a decisão anterior. Assim, voltam os critérios das cotas já amplamente discutidas pela sociedade. A medida não foi bem vista pelo Supremo Tribunal Federal (STF), assim como entidades e parlamentares federais.

Mais noticias

Slider