Motoristas suspendem ameaça de paralisação no transporte do DF

Motoristas suspendem ameaça de paralisação no transporte do DF

O presidente do Sindicato dos Rodoviários do Distrito Federal, Jorge Farias, informou há pouco por telefone que a categoria recebeu hoje (08) os salários atrasados de três empresas do transporte público. A categoria ameaçava paralisar o trabalho caso não fosse feito o depósito na conta bancária dos trabalhadores. A ameaça foi feita na sexta-feira (05), quando houve paralisações pontuais no transporte.

De acordo com Jorge Farias, estavam sem parte dos salários cerca de 7 mil motoristas, cobradores e de apoio de três empresas. Os empresários disseram na semana passada que não poderiam honrar os salários, porque o Governo do Distrito Federal não tinha repassado os valores da gratuidade (PLE, PNE) e o complemento tarifário que é ordinário do contrato.

A Secretaria de Mobilidade (Semob) e o Palácio do Buriti não responderam aos e-malis sobre o impasse da semana passada. Na sexta-feira, a secretaria informou que o dinheiro seria repassado. Os representantes do sindicato das empresas não foram localizados pelo site.