NEWSLETTER

Inscreva-se em nossa newsletter.

NOTÍCIAS

Coronavírus é transmitido entre pessoas e não em superfícies

É o que dizem diversos cientistas, informação confirmada por um centro de controle dos Estados Unidos
Coronavírus ônibus
O coronavírus se transmite no contato entre as pessoas, segundo informaram os cientistas/Marcelo Casal Jr/Agência Brasil

O Centro de Controle de Doenças dos Estados Unidos (CDC, na sigla em inglês) juntou-se ao coro de vozes de especialistas que desvalorizam a transmissão do coronavírus através de superfícies. As recomendações atualizadas na ontem apontam que “o vírus propaga-se muito facilmente e de forma sustentável entre pessoas”, mas não de outra forma.

Segundo o CDC, “o vírus não se transmite facilmente” sem contato pessoal, nomeadamente tocando em superfícies e objetos ou em contato com animais. No seu site, aponta que “pode ser possível que uma pessoa fique com Covid-19 ao tocar numa superfície ou objeto que tenha o vírus com a boca, o nariz ou com os olhos”, mas esclarece que “não se considera que esta seja a forma principal de transmissão do vírus”.

Como fazer exercícios físicos durante a pandemia – #COMPARTILHE as nossas informações

A mesma indicação é dada para o contato com animais. A instituição de saúde americana diz que o risco de transmissão de animais para pessoas é “baixo” e admitiu que os humanos têm a capacidade para transmitir o vírus aos seus animais de estimação, mas diz que esta transmissão ainda será estudada.

Em declarações ao Washington Post, a porta-voz do CDC, Kristen Nordlund, disse na quinta-feira que as revisões resultam de testes realizados e reafirma que o vírus “espalha-se principalmente através de contato próximo de pessoa para pessoa”.

Isolamento geográfico deixa 15 países sem o coronavírus – #COMPARTILHE o Misto Brasília

Um estudo conduzido por Vincent Munster, um virologista do Instituto Nacional de Alergias e Doenças Infecciosas americano, mostrou que o vírus permanece ativo em cartão durante 24 horas e em plástico e metal até três dias. Mas a investigação esclarece que o vírus se desintegra passadas poucas horas sem um hospedeiro.

Mais noticias

Slider