Pior Dia das Mães do comércio em 60 anos no DF

Médicos treinamento
O treinamento é constante na área médica/Arquivo/Rovena Rosa/Agência Brasil

Entidades representativas das atividades econômicas do Distrito Federal lamentam a crise econômica provocada pela crise do coronavírus. Junto com a tristeza com os resultados da economia, vem as queixas e a última delas é o adiamento da reabertura do comércio.

O presidente do Sindicato do Comércio Varejista do Distrito Federal  (Sindivarejista),, Edson de Castro, avalia que o comércio do Distrito Federal terá o pior Dia das Mães dos últimos 60 anos. “É que ele estará fechado pelo menos até 11 de maio e a data será no dia 10. Assim, não há como prever aumento de vendas, porque muitas lojas estão com estoques limitados”.

Sindiatacadista adverte que situação pode se tornar insustentável – #COMPARTILHE o Misto Brasília

Castro espera que o Palácio do Buriti (sede do governo distrital) determine a reabertura das lojas, “porque a economia está paralisada e o desemprego aumenta a cada dia. Quando for decretada a reabertura das lojas, pelo menos 300 delas deixarão de funcionar em definitivo, porque os seus donos não terão como pagar impostos, salários de funcionários e aluguel”.

O presidente do Sindicato dos Bares, Restaurantes e Hoteis do Distrito Federal (Sindhobar), Jael Antonio da Silva, disse que a prorrogação da abertura do comércio irá “agravar sensivelmente o aumento do desemprego e o encerramento de diversas atividades”. Veja o vídeo com o depoimento do sindicalista logo abaixo.

Confiança do empresário é a mais baixa em duas décadas – #COMPARTILHE nossas informações

Segundo ele, os empresários não têm de onde tirar dinheiro. O presidente do Sindhobar diz que os empresários precisam de um subsídio e que a situação seja resolvida o mais breve possível.

Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas

Assuntos Relacionados


Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas