NEWSLETTER

Inscreva-se em nossa newsletter.

NOTÍCIAS

Bolsonaro vai a Taguatinga no dia da 1ª. morte por coronavírus no DF

Agora há pouco, o governo do Distrito Federal confirmou a primeira morte pelo coronavírus na capital federal
Bolsonaro conversa com populares nesta manhã em Taguatinga, no DF/Reprodução rede social

O presidente Jair Bolsonaro seguiu hoje pela manhã para Taguatinga e Ceilândia, duas cidades aqui do Distrito Federal. Conversou com populares e falou sobre o fim do isolamento social. Atualizado às 12h23

Protestos contra “O Brasil não pode parar” – #COMPARTILHE o Misto Brasília

O presidente experimenta a popularidade e incentiva a população a pressionar pela abertura do comércio. Em São Sebastião, houve manifestações para a reabertura do comércio, com um carro de som circulando pela cidade a cerca de 20 quilômetros do Plano Piloto.

Ministro da Saúde volta a recomendar o isolamento social – #COMPARTILHE

Ibaneis suspende nomeações e aprovados em concursos – #COMPARTILHE notícias do Misto Brasília

Há pouco, o governo do Distrito Federal confirmou a primeira morte pelo coronavírus. Até ontem ao final do dia, a capital dos brasileiros tinha registrado 260 casos de coronavírus. A paciente que morreu, segundo informações do governo do Distrito Federal (GDF), é Viviane Rocha de Luiz, 61 anos, que deu entrada no Hospital Regional da Asa Norte no dia 22 de março. Ela apresentava um quadro de febre, desconforto respiratório e com histórico de contato com paciente confirmado, que veio de São Paulo.

Esta é a segunda morte registrada no Centro-Oeste. A primeira foi confirmada na quinta-feira, em Luziânia, em Goiás. O marido da mulher de 66 anos estava internado até o fim de semana na semi-UTI da Unidade de Pronto Atendimento de Luziânia. A prefeita Edna Aparecida, disse na sexta-feira (26) que ira transferir o paciente de 74 anos para o Hospital de Doenças Tropicais de Goiânia.

Bolsonaro conversa com populares em Taguatinga sem máscara de proteção

Mais noticias

Slider