NEWSLETTER

Inscreva-se em nossa newsletter.

Governador Caiado rompe aliança e dispara contra Bolsonaro

Governador de Goiás afirmou que as decisões do presidente não alcançarão Goiás
Governador Roaldo Caiado
Decreto divulgado hoje por Caiado terá vigência amanhã no estado de Goiás/Arquivo

O governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), voltou a criticar o presidente Jair Bolsonaro no início desta tarde. Caiado era um dos governadores mais próximos do presidente.

O desconforto surgiu com as manifestações de ontem à noite e de hoje pela manhã do presidente, que criticam as ações adotadas para reduzir o impacto na saúde dos efeitos do novo coronavírus (Covid-19). Logo cedo, o governador do Espírito Santo, Renato Casagrande (PSB), afirmou que o Brasil está sem liderança.

Governadores devem fazer teleconferência hoje – #COMPARTILHE o Misto Brasília

Caiado afirmou há pouco que as decisões do presidente da República, “no que diz respeito à saúde pública, não alcançarão Goiás. Nós não vamos aceitar isso do presidente. Isso não faz parte da postura de um governante”.

Bolsonaro quer derrubar isolamento social geral – #COMPARTILHE as notícias do Misto Brasília

O governador afirmou que a crise existe e será tratada. “No momento certo, saberemos flexibilizar as restrições. Buscar a tese de que teremos colapso econômico de grandes proporções, é querer colocar na balança o que é mais importante: a vida humana ou a sobrevivência da economia. E isso não tem discussão. Garantir a saúde, a segurança alimentar e física dos goianos é minha responsabilidade”.

Mais noticias

Slider