Polícia descobre plano para explodir baile funk em Brasília

PCDF buscas Misto Brasília
MP abre possibilidade para financiar casa dos agentes de segurança/Arquivo//PCDF/Divulgação

A Polícia Civil do Distrito Federal prendeu hoje um jovem de 19 anos (nome não revelado) que tinha uma bomba preparada para explodir um baile funk no Corredor Central (Setor Comercial Sul). A denúncia veio através de uma empresa que opera serviços na internet.

Na mensagem que a Polícia Civil recebeu, o jovem planejava usar um carro bomba após utilizar um gás paralisante na multidão. Ele mesmo disse que seria um massacre. Na mensagem, o rapaz demonstra seu ódio contra o público que frequenta esses locais.

Além da bomba já preparada, foram encontrados na sua casa no Lago Norte materiais para a produção de outras bombas, máscaras (de Salvador Dali, como àquelas usadas por bandidos na série La Casa de Papel, da Netflix) e literatura de ódio.

O delegado Dario Taciano de Freitas Junior explicou que “em um post de perguntas e respostas, esse suspeito afirmou que cometeria esse crime. A empresa encaminhou a mensagem para a Polícia Civil e, a partir disso, começamos a investigação”.

A mensagem – “Vou fazer um massacre histórico em um showzinho de rap, funk e trap, cheio de adolescentes vagabundos, descolados e drogados. (…) com meus conhecimentos em química e acesso a armas ilegais, poderei fazer algo explêndido, o plano consiste em liberar gás venenoso ou paralisante na multidão e depois disso detonar um carro bomba com explosivos destrutivos, os sobreviventes vou matar na bala anônimo. Adoro ver o choro de vocês. Não é sonho, é real e estou pronto para me vingar. Espero que você seja uma vítima, mesmo sem nos conhecermos”.

Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas

Assuntos Relacionados


Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas