NEWSLETTER

Inscreva-se em nossa newsletter.

NOTÍCIAS

Saúde no DF não confirma dois casos suspeitos de coronavírus

Informou apenas que os casos investigados continuam como suspeitos até a confirmação laboratorial ou descarte
Secretaria da Saúde DF
Secretaria descartou hoje a morte por coronavírus anunciada ontem/Arquivo

A Secretaria de Saúde  não confirmou nesta tarde que há dois casos suspeitos do novo coronavírus que estão sendo investigados no Distrito Federal. Pela manhã, a imprensa noticiou que um caso estava em análise no Hospital Regional da Asa Norte (HRAN), mas mais tarde foi descartado. Outro caso suspeito está em análise no Hospital Santa Lúcia, que é da rede privada de saúde.

Em nota encaminhada ao Misto Brasília, solicitada por e-mail, a assessoria da secretaria informa que “investiga todos os casos suspeitos, inclusive os da rede privada”.  Em seguida, diz que os “os casos investigados continuam como suspeitos até a confirmação laboratorial  ou descarte”. E completa dizendo que não há fonte para entrevista, ou seja, ninguém na Secretaria da Saúde falará sobre o tema.

No caso suspeito do Santa Lúcia, informou-se extraoficialmente no hospital que é um homem que veio da Austrália. Ele está internado desde a noite passada e que as medidas de segurança foram tomadas em situações assim.

Numa entrevista que começou no final da manhã e terminou à tarde, o Ministério da Saúde confirmou o primeiro caso da doença em São Paulo. Em nota, o Hospital Albert Einstein afirma que o paciente encontra-se em bom estado clínico e sem necessidade de internação, permanecendo em isolamento respiratório domiciliar pelos próximos 14 dias. “A equipe médica segue monitorando-o ativamente, assim como as pessoas que tiveram contato próximo com ele”.

De acordo com o Ministério da Saúde, no mundo, já foram registrados mais de 80,2 mil casos do coronavírus em 34 países. Foram registradas 2,7 mil mortes causadas pela doença, sendo que os casos mais graves são aqueles que afetam pessoas com mais de 60 anos.

Mais noticias

Slider