NEWSLETTER

Inscreva-se em nossa newsletter.

Cruzeiro atracado no Japão tem mais 39 pessoas infectadas pelo coronavírus

No Brasil, os testes feitos em 58 envolvidos brasileiros na Operação Regresso deram negativos
China Coronavírus
Autoridades sanitárias acreditam que o pior ainda está por vir/Arquivo

O Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar Social do Japão afirmou hoje (12) que outras 39 pessoas a bordo de um navio de cruzeiro atracado no porto de Yokohama, nas proximidades de Tóquio, foram confirmadas como tendo sido infectadas pelo novo coronavírus. O total atualizado de casos detectados a bordo do Diamond Princess já chega a 174.

Houve a confirmação de que um funcionário responsável por procedimentos de quarentena também foi infectado. Segundo o ministério, testes para detecção de vírus em mais 53 pessoas tiveram resultado positivo para 29 passageiros e 10 tripulantes. Incluem-se aí dez japoneses e uma garota de 10 anos, a primeira paciente nessa faixa etária.

No Brasil, os testes feitos pelo Laboratório Central do Estado de Goiás (Lacen), nos 58 envolvidos na Operação Regresso, deram negativos para o coronavírus (Covid-19), informou o Ministério da Saúde.

“Os 34 repatriados e os 24 profissionais, divididos entre tripulação, Ministério da Saúde e comunicação, foram submetidos a exames, mesmo sem sintomas e sem infecção. A ação faz parte do protocolo definido entre os ministérios da Saúde e Defesa”. O surto de coronavírus, que já matou mais de mil na China, representa uma “ameaça muito grave para o resto do mundo”, afirmou o diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus. (Com a ABr)

Mais noticias

Slider