Líder do Cidadania quer acabar com “privilégios no setor público”

Deputado Arnaldo Jardim
Jardim quer a criação de uma comissão de investigação contra Bolsonaro no Congresso/Arquivo

O novo líder do Cidadania na Câmara, deputado Arnaldo Jardim (SP), disse que a bancada do partido vai atuar para acabar com “privilégios no setor público”.  Jardim foi eleito nesta tarde para o cargo. A bancada do Cidadania é integrada por nove parlamentares.

“Vamos aprofundar o compromisso com a reforma administrativa, a tributária, Lei de PPPs e outras iniciativas que viabilizem a retomada do crescimento e que proporcionem um desenvolvimento econômico com uma preocupação humana, um combate às desigualdades”, disse o deputado.

Jardim disse que são metas do Cidadania na Câmara a defesa, com prioridade, de projetos que tragam a retomada do crescimento com renda e qualidade de vida para os brasileiros. Arnaldo Jardim também defendeu a votação da PEC que estabelece a prisão em segunda instância, que é de autoria do colega de partido, Alex Manente (SP).

Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas

Assuntos Relacionados


Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas