Izalci Lucas: “O governo, em si, está indo muito bem”

Senador Izalci Lucas
Izalci Lucas é senador pelo PSDB do Distrito Federal/Agência Senado

O senador Izalci Lucas (PSDB-DF) destaca que a bancada federal do Distrito Federal conseguiu em conjunto destravar junto à Caixa Econômica Federal, os recursos para o Hospital Oncológico de Brasília e pacificar as “nossas forças de segurança” com a luta por reajustes e planos de carreira mais justos. O parlamentar é o coordenador da bancada federal do Distrito Federal.

Nas perguntas encaminhadas pelo Misto Brasília a todos os parlamentares federais do DF, o senador concorda que o Congresso “é o mais produtivo nos últimos 20 anos”.

Izalci observa que apresentou projeto de criação e implantação de Centros de Desenvolvimento Regional (CDRs) em todo o país. “A proposta aproxima universidades, órgãos do governo e setor produtivo para criar projetos e ações que irão gerar mais desenvolvimento, emprego e renda, de acordo com as capacidades de cada região”.

A produção do Congresso Nacional neste primeiro ano da 56ª Legislatura foi a esperada pela sociedade? Em que o Parlamento falhou?

Creio que foi o ano mais produtivo do Congresso nos últimos 20 anos. Ainda temos que vencer algumas etapas, especialmente na questão do tempo que temos para analisar um volume grande de propostas, muitas delas de alta complexidade.

Dentre as matérias aprovadas pelo Legislativo em 2019 quais na sua opinião vão contribuir para o crescimento econômico do País e uma vida melhor para os seus cidadãos?

A liberdade econômica e a reforma da previdência são duas matérias importantes para a economia e o desenvolvimento do país. No DF, a vinda da Junta Comercial para o comando do GDF vai facilitar a abertura de empresas e, consequentemente, gerar mais emprego e renda.

E quais as propostas aprovadas pelo Congresso Nacional que trarão impacto negativo na vida dos brasileiros?

A intenção de tudo que aprovamos aqui é trazer impacto positivo, pelo menos aquelas que defendi e votei.

Que avaliação o senhor (a) faz do primeiro ano do governo Bolsonaro e da sua relação com o Congresso?

São duas coisas distintas. O governo, em si, está indo muito bem. As perspectivas são boas, mas a relação com o Congresso é muito ruim.

Destaque as principais propostas de sua autoria que foram apresentadas no ano de 2019.

Destaco o projeto de criação e implantação de Centros de Desenvolvimento Regional (CDRs) em todo o país. A proposta aproxima universidades, órgãos do governo e setor produtivo para criar projetos e ações que irão gerar mais desenvolvimento, emprego e renda, de acordo com as capacidades de cada região. O projeto é a saída para o desenvolvimento do Brasil. Hoje, cinco regiões do país já estão desenvolvendo o projeto e o DF é uma delas.

Destaco a luta e a liberação de recursos para a Educação – R$ 35,4 milhões para melhorar as condições de ensino e a infraestrutura de 218 escolas do DF e R$ 45 milhões para melhorar creches no DF. Aprovei emendas impositivas ao orçamento para compra de equipamentos e mobiliário para hospitais. Os Conselhos Tutelares também terão recursos, assim como garanti mais R$ 25 milhões para reformas e manutenção da UnB, além de R$ 1,4 bilhões para pesquisa e inovação agropecuária da Embrapa.

Fui o relator de três importantes Medidas Provisórias já aprovadas: Novas regras para combater fraudes no INSS, transferência da Junta Comercial da União para o DF e a concessão de pensão vitalícia para crianças afetadas pela síndrome do Zica Virus.

Por fim, como coordenador da bancada do DF, com a ajuda de nossos parlamentares na Câmara e no Senado, conseguimos destravar junto à Caixa Econômica Federal os recursos para o Hospital Oncológico de Brasília. Trabalhamos também para ajudar na pacificação de nossas forças de segurança com a luta por reajustes e planos de carreira mais justos. Temos ainda as Forças Armadas que precisam ter suas demandas atendidas. Portanto, o trabalho vai continuar junto ao governo federal, legislativo e GDF.

Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas

Assuntos Relacionados


Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas