Pride Bank banco digital

Pride Bank é o primeiro banco digital LGBT do mundo

O primeiro banco digital LGBT do Brasil e do mundo está em operação há cerca de dias, a partir de uma parceria entre o Instituto Pride e a empresa de tecnologia social Welight. Inicialmente, os serviços do banco estavam disponíveis apenas para convidados, mas já disponibiliza cartões de crédito pré-pagos.

O Pride Bank passou a aceitar a abertura de conta digital pelo site. A instituição começou a funcionar com serviços de conta corrente digital, como transferências, TEDs, boletos, pagamentos de contas e impostos, e cartão de crédito pré-pago. Os correntistas poderão utilizar seus nomes sociais no cartão. No futuro também pretende fornecer as maquininhas de crédito.

Em declarações para jornalistas há alguns dias, o CEO do Pride, Marcio Orlandi Junior, informou que a ideia do banco surgiu para preencher uma lacuna no mercado brasileiro. “A ideia do Pride Bank surgiu da vontade de criarmos um serviço que não discrimine, não diferencie pessoas por sua orientação sexual, identidade de gênero ou qualquer diferença e, mais do que isso, que festeje essas diferenças, respeitando todas as pessoas LGBTI+ e seus aliados”.

A Welight é uma startup de tecnologia ligado ao Instituto Welight dedicado à geração de impacto social e ambiental. Possui mais de 800 lojas parceiras e com as principais companhias aéreas. Essas empresas, pagam uma comissão de até 15% do valor das suas compras para o Welight, quando alguém faz uma compra usando as ferramentas da startup.