Salvamento suicídio

Ação rápida de jornalista no DF salva mulher que tentava o suicídio

“Não pensei direito, realmente foi muito rápido”, admite o jornalista Cláudio Ulhoa, que ontem (28) à tarde agarrou uma mulher que tentava se jogar da marquise da Rodoviária do Plano Piloto. A ação aconteceu por volta das 16 horas, quando o jornalista seguia para a sua casa, em Planaltina.

Ulhoa disse que não chegou a conversar com a mulher após o salvamento. Disse que ela chorava muito. Ele agarrou a mulher pela cintura no momento em que policiais militares tentavam acalmá-la. A mulher estava em pé no parapeito de uma das avenidas da parte superior da rodoviária. Dezenas de pessoas assistiam a cena e muitos gritavam para ela pular. (Assista o vídeo logo abaixo)

Um dia depois, Ulhoa conversou com o site por telefone e disse que “não pensou em nada” quando fez o gesto. “Deus me tocou no coração e em minha mente tinha de correr até lá em cima para salvá-la e fiz o que você viu na imagem! Obrigado irmão, mais é tudo pelo honra e glória do Deus. Deus tocou no meu coração!”, disse em outra declaração a um blog do DF. Ulhoa também é editor de um blog que se ocupa da cobertura jornalista cotidiana na capital do DF. Cláudio é diácono da Igreja Pentecostal Missão Fé (IPMF).

Ulhoa e a família/Arquivo pessoal

https://www.youtube.com/watch?time_continue=2&v=XOBW1K8skLo&feature=emb_logo