Contas digitais: as vantagens em relação aos bancos tradicionais

Contas digitais: as vantagens em relação aos bancos tradicionais

As contas digitais se tornaram uma nova modalidade para gerenciar o dinheiro, como transferências, pagamento de boletos, receber salário ou sacar dinheiro. A única diferença é que não é preciso interagir diretamente com os operadores de caixa ou gerentes para realizar essas operações. Você utiliza apenas os caixas eletrônicos e/ou internet banking. O melhor é que os serviços são ilimitados e não possui tarifa bancária.

O iq fez um estudo e identificou as principais vantagens entre um banco normal e digital. E entre elas estão transações gratuitas e ilimitadas; saques, transferências interbancárias ou de mesmo banco (DOC e TED) sem taxas e internet banking sem taxas. As contas digitais também não emitem talão de cheques para contas digitais, pois já que possuem a concepção de ser totalmente eletrônica, o cheque iria contra seus valores.

As fintechs proporcionam melhor experiência para o cliente, eliminando a burocracia de papéis onde para abrir uma conta corrente basta estar conectado, sem precisar ir a uma agência. Além disso, os serviços digitais são mais baratos para os bancos, deixando os custos (quando há) bem menores para os clientes.

Essa nova proposta do mercado financeiro já está ganhando espaço há alguns anos e consolidou marcas como o Nubank, o Banco Inter e o Banco Original. E ainda, fez com que alguns bancos tradicionais aderissem ao novo segmento como o Bradesco com o Next, o Banco do Brasil com a Conta Fácil, o Santander com a Superdigital e o Itaú com a iConta.