Até Gisele Bündchen no tuitaço contra nova legislação ambiental

Até a modelo Gisele Bündchen entrou no twitaço organizado pelo Ministério Público Federal contra a aprovação do projeto de lei 3729 e da Medida provisória 759, que tramitam no Congresso Nacional. As novas propostas alteram a legislação ambiental e podem trazer prejuízos ao meio ambiente.

Há instantes, Gisele disse que “imagine 2,2 milhões de hectares da Amazônia regularizados para ocupação ilegal. É o tamanho de Sergipe”. E para o procurador Deltan Dallagnol, da força-tarefa da Lava Jato, o PL “enfraquece o licenciamento”. O Greenpeace afirma que o PL 3729 deixa populações impactadas por grandes obras ainda mais vulneráveis.

Em suas postagens, o MPF observa que o Congresso pode flexibilizar regras para liberação de agrotóxicos no Brasil. “O país já é o maior consumidor no mundo”. E a MP 759: aprovada pela Câmara e sob análise do Senado, “pode favorecer ocupações irregulares de terras e desmatamento”.

Para o governo, a MP 759 revolve um grande entrave ao acesso às políticas públicas para milhares de agricultores familiares brasileiros. #RetrocessoAmbientalNão

 

 

Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas

Assuntos Relacionados


Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas